sexta-feira, 28 de maio de 2010

"Meu casamento não é um acordo comercial”

Por Fredh Hoss   Postado As  5/28/2010 10:52:00 AM   Mídia Sem Comentários






Victoria Beckham avisa:
"Meu casamento não é um acordo comercial”




Victoria Beckham | 28/05/2010 05:07 | Atualizado em: 28/05/2010 05:45 - QUEM ONLINE

Em entrevista à revista, ex-Spice Girl negou ter se casado com David Beckham por dinheiro. .
Victoria Beckham se irritou ao falar sobre seu casamento com David Beckham. A ex-Spice Girl procurou rebater os rumores de que se uniu com o jogador de futebol para lucrar e insistiu que seu relacionamento “não é um acordo comercial”.
.
"Eu sei que David nunca me enganou. Eu realmente acredito que no fundo eu tenho o marido mais fiel que eu poderia esperar. Eu posso dizer honestamente, eu estou realmente feliz de tê-lo”, disse Victoria, em entrevista à revista “OK” britânica reproduzida pelo site “Showbiz Spy”.
Ela, que é mãe de três filhos com David, ressaltou que não conseguiria viver desta forma. "Eu não poderia viver uma mentira e seria injusto para as crianças. Estamos fazendo as coisas juntos, mas nosso casamento não é um negócio arranjado. Você conseguiria por todo o dinheiro do mundo? Eu não.”

_______
.
Copiei na integra a notícia acima publicada na QUEM ONLINE – a primeira razão é por ser um texto pequeno, outra é para poder comentar que apesar de malfadados rumores quanto aos casamentos de celebridades, elas as celebridades são humanas tanto quanto a gente. Certo que alguns excêntricos enchem a nossa vida de bobagens com as notícias do que aprontam em seus devaneios. 
.
Fato é que conheço algumas histórias ótimas de celebridades e também de não celebridades, mas nos dois casos noivos e noivas ricos, não necessariamente herdeiros e que se casam pelos mesmos motivos que nós nos casamos. E agora chegamos no ponto em que posso falar sobre o que encontrei em mais de uma centena de histórias de casamentos que celebrei, confiança.
.
Parece óbvio dizer que é necessário confiança para se casar com alguém, concordo. Mas também é muito difícil perceber quando esta confiança é apenas uma máscara usada por um ou os dois que se propõem a se tornarem cônjuges. Muitas vezes se sublimam a confiança, sob um furacão de paixão, interesses pessoais ou comuns. Acredita-se então ver dois que por se "amarem tanto" é claro que se confiam. Ai está um engano comum e fatal. Quando esses elementos estão presentes na vida a união que deveria ser duradoura pelo menos até que a morte os separe, pode ser que dure no máximo 7 anos. Porque digo 7? Tenho histórias pra contar. Mas pra quem quiser eu escrevo depois. Sobre as declarações da Vitória? Eu acredito.
.
Por agora, fico por aqui. 
Abraços e continue a boa leitura.
Fredh Hoss

0 comentários:

Comente essa ínformação.

Voltar ao topo ↑
© 1999 HV7 Cerimonial E Treinamento Todos os direitos reservados - Desenvolvido Por - Fredh Hoss
- Política de Privacidade - Termos de Uso - FAQ -
Utilizamos cookies para melhorar o nosso site ao continuar navegando concorda com sua utilização. Clique - AQUI - para ver o que procura.