segunda-feira, 26 de maio de 2014

Crescer ou não crescer, eis a questão

Por Fredh Hoss   Postado As  5/26/2014 01:44:00 PM   treinamento

-- Como posicionar sua empresa de eventos para fazer a diferença no mercado?                         (por Fredh Hoss)

Questões que fazem qualquer empresário coçar a cabeça são foco de discussões na movimentação setorial. Enquanto muitos reclamam dos tempos que vivemos, outros buscam soluções. O mercado de eventos possui algumas poucas características que o diferenciam de outros nichos de mercado e uma das melhores diferenças é a velocidade. O mundo de eventos é veloz e as empresas que sobrevivem e principalmente as que crescem necessariamente deverão ser velozes. 
Associar-se é um prato feito necessário para qualquer negócio. Se não tiver bons parceiros fornecedores, parceiros para co-branding e parceiros clientes seu negócio não logrará exito. Como experiência muitos dizem não existir vantagem associativa pois essas se politizam e por reserva servem ao interesse de poucos. Verifica-se que a maioria dos críticos não são bons frequentadores das reuniões que proporcionam o bom relacionamento do associado com sua associação e, essa ação corresponde em exata proporção a se relacionar bem com o mercado pelo qual objetivamente trabalha e também com todos demais setores da sociedade. 
Relembremos  porque surgiu a ABRAFESTA, (conteúdo do site da entidade). 
A ABRAFESTA – Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais – nasceu da vontade de reunir numa mesma entidade de classe as empresas e os profissionais do segmento de casamentos e eventos sociais, de formalizar esse setor e de buscar sempre as melhores práticas.
O maior desafio é integrar, pela primeira vez, essas diversas categorias de prestadores de serviços que unidas organizam mais do que eventos, realizam os sonhos de seus clientes. Só na cidade de São Paulo são mais de mil empresas atuantes, um mercado que cresceu cerca de 400% nos últimos cinco anos. O estatuto e a diretoria executiva da ABRAFESTA foram aprovados em sessão plenária de 22 de abril de 2009. Ética, transparência nas negociações e qualidade nos serviços são temas que farão
parte da pauta da 
ABRAFESTA e também exigências para todos os seus associados.
Cumprindo seu prometido a ABRAFESTA constantemente promove palestras, disponibiliza análises mercadológicas além de material de todo tipo para apoio ao associado.
Clique e continue lendo, descubra os 3 passos decisivos para crescer em seu negócio.
Diante da necessidade cada vez maior de aumentarmos o esforço de tornarmos o mercado de eventos melhor visibilizado e com empresas consolidadas a HV7 Cerimonial também desde 2009 lançou no mercado uma série de cursos, no mercado de eventos para todo o Brasil. O objetivo foi partilhar uma experiência de mais de 30 anos na área de eventos onde atua o seu Diretor Fredh Hoss, realizando com sucesso cerimoniais públicos, empresariais e sociais. Possuindo conhecimentos e experiência como produtor, redator, diretor, apresentador e, metodologia didática atuando como master coach e mentoring, professor, palestrante, facilitador de conteúdo, como também desde 2000 realiza casamentos como celebrante profissional e de ofício civil, produziu material didático que já se provaram qualificadores para formação de planners de eventos e celebrantes de casamento.
Mais recentemente no último dia 19 de maio 2014, assuntos que tangem construirmos uma melhor plataforma de trabalho para as assessoras de casamento voltou a ser o foco da ABRAFESTA na reunião setorial de assessoras. Nessa ocasião, novamente se defendeu a oficialização necessária, conforme a lei, para a atuação neste segmento de prestação de serviços. Não podemos admitir amadorismos em nenhum nicho de mercado. Seria desprestigiarmos a instituição básica da vida, a escola, admitirmos algo diferente. Tantos estudos são necessários para se formar um profissional mas, pouco se exige de alguém que queira se dizer "profissional" e mesmo abrir uma empresa. 
Se será uma boa experiência contratar alguém o cliente, maior interessado, diante de tanto engodo só descobrirá no dia de sua festa?
Não podemos admitir inércia e nem procrastinação diante dessa realidade devemos agir. Desta forma portanto e diante de tantos que partilham da riqueza do mercado de eventos, se já está nessa seara é melhor crescer.
Juntos e cada vez mais capacitados, lutamos por um mercado de trabalho melhor, estruturado, capaz de acompanhar mercados adjacentes e que por crescerem mais ordenadamente nos inspiram e desafiam. Devemos todos entender que mais importante que os lugares, são as pessoas que fazem festa as mais importantes. 
Parabenizamos a ABRAFESTA que sob a presidência de Cristofer Mickehagem, gestão 13/14, está cumprindo o propósito maior de comunicar, normatizar e educar proposto pela associação. Certamente o resultado maior é benefício de todos e evita exposição negativa de todo setor quando empresas que principalmente não crescem culturalmente. Uma empresas crescer significa se qualificar, preparar-se para períodos de mudanças e produzir exitosas experiências para seus clientes, parceiros e também para todo o mercado em que atua. Não é vontade de nenhum dos bem sucedidos ver ingressar em seu mercado de atuação aventureiros que logo menos comporão estatísticas de falência, tristeza e desespero para esses que se inaptos muitas vezes recorrem a traquitanas negociais para se sustentarem mais um pouco. 
A atitude dilapidadora do alheio escondida por trás do pseudo parceirismo onde se cobra caro o simples colocar um nome de empresa ou profissional em uma lista, também é algo combativo do setor. Analisando por que ângulo desejar, o que falta para muitos empreendedores é visão corporativa, concepção empresarial, preparo mesmo até humano.
Enfim, falta para muitos desde o básico até o material de acabamento. 
Fundamentos para crescer e não quebrar estão disponíveis em treinamentos, material de estudo e aperfeiçoamentos. Evitaremos tristes notícias serem até mesmo necessárias para servirem de alerta. O judiciário vem apontando esse necessário alerta onde por descuido em pequenos detalhes, cuidados importantes, levam clientes que têm seus direitos desrespeitados a ingressarem ações no judiciário. Fiquem atentos muitos não vão crescer depois de pagarem altas indenizações por prestarem desserviço ao setor.

Fredh Hoss é sócio fundador da HV7 Cerimonial


Voltar ao topo ↑
© 1999 HV7 Cerimonial E Treinamento Todos os direitos reservados - Desenvolvido Por - Fredh Hoss
- Política de Privacidade - Termos de Uso - FAQ -
Utilizamos cookies para melhorar o nosso site ao continuar navegando concorda com sua utilização. Clique - AQUI - para ver o que procura.